Cláudia Regina Bomfim da Fonseca

Banca examinadora

Yvonne Maggie Leers da Costa Ribeiro
Mirian Goldenberg
Patrícia Birman

Resumo

Este trabalho tem por objetivo compreender o que leva senhoras das camadas médias cariocas a procurarem a dança cigana e a acreditarem que são ciganas de alma. A pergunta que embasa todo o estudo é: Por que na sociedade brasileira, e mais especificamente na carioca, os ciganos podem ser considerados ladrões e perigosos ao mesmo tempo em que são admirados e encarnam todo o poder da sensualidade positiva? O que se propõe é que há a construção de uma ciganidade que faz parte de uma identidade virtual embasada na religião compartilhada pelo grupo estudado.

ABSTRACT

The aim of this study is to understand why middle class ladies look for gipsy dance and why they believe they have a gipsy soul. The main question is: Why in Brazilian society, and more specifically in Rio de Janeiro’s society, the gypsies can be considered thieves and dangerous and, at the same time, they can be idolized and represent all the positive sensuality power? What is being proposed is that there is a construction of a “ciganidade” that takes part on a virtual identity based on the religious conception of the studied group.